×

O que é Custo de Oportunidade?

Um conceito fundamental para uma empresa e presente na sua vida

 

Em termos econômicos, o Custo de Oportunidade (CDO) é um conceito que indica o valor que você renuncia de alguma coisa em detrimento de outra. Ou ainda, o que você deixou de ganhar (benefício, vantagem...) por ter tomado uma decisão.

É a aplicação prática do já popular custo x benefício.

Essa escolha entre A ou B é o que fazemos constantemente em nossas vidas. Imagine que você tem apenas o sábado de tarde livre. Fica a dúvida: devo estudar nesse momento ou praticar meu esporte favorito?

O exercício físico traz benefícios de socialização e bem-estar imediatos. O aprendizado permite que eu me desenvolva intelectual e profissionalmente permitindo até mesmo alcançar novos cargos e salários no futuro.

Perceba que nessa situação você precisa escolher uma coisa em detrimento da outra. Não há como ter as duas ao mesmo tempo. Se você estudar, qual é o custo de não promover sua saúde física e mental não se exercitando? Se você for praticar seu esporte favorito, o que você deixa de ganhar no lado profissional?

Isso é comum pra você, não é mesmo?

.

Numa empresa, não é muito diferente.

Mas basicamente pode ser entendido como aquele potencial financeiro que não foi explorado.

 

 

Vejamos um exemplo de como calcular o Custo de Oportunidade (CDO)

Uma empresa de sucos compra um lote de frutas por R$ 100.000,00. Ela tem a opção de revender esse lote por R$ 130.000,00, tendo um custo de R$ 10.000,00 para entregar (vamos chamar de oportunidade “A”). A segunda opção (Oportunidade B) é produzir o suco com uma receita de venda de R$ 200.000,00 mais custo de produção e entrega de R$ 50.000,00.

De maneira rápida e simples conseguimos obter o lucro de cada oportunidade, subtraindo a despesa da receita. Veja:

 

Oportunidade A = 130.000 – (100.000 + 10.000)

Oportunidade A = 20.000 de lucro

.

Oportunidade B = 200.000 – (100.000 + 50.000)

Oportunidade B = 50.000 de lucro

 

A diferença entre a margem de lucro da Oportunidade B (mais vantajosa) e a Oportunidade A é de R$ 30.000,00. Esse é o Custo da Oportunidade ao se escolher o Oportunidade A, que é apenas revender o lote de frutas comprado.

Ou seja, o Custo de Oportunidade é aquilo que você perde de ‘oportunidade’ por escolher uma opção menos vantajosa em detrimento de outra mais vantajosa.

 

O que é importante destacar

Contabilmente existem mais variantes de Custo de Oportunidade, bem como, outras fórmulas de cálculo que nos auxiliam na tomada de decisão. Nesse nível empresarial (mas também em nossas vidas pessoais) é importante que todas as despesas sejam apuradas e que a receita seja projetada em um cenário realista (ou pessimista se preferir manter uma margem maior de acerto).

 

Custo de Oportunidade nas escolhas pessoais

Você tem dinheiro suficiente para comprar um imóvel à vista, mas tem duas opções: adquire a casa e fica descapitalizado ou financia o imóvel com taxas adequadas e com o restante, faz aplicações, mantendo seu capital, e paga as parcelas com parte do rendimento.

Na segunda opção, o comprador manteria uma dívida, mas, ao mesmo tempo, com o capital investido manteria uma reserva de emergência, criaria condições para pagar o financiamento, mantendo ao final do período, a casa mais uma quantia aplicada.

 

O Custo de Oportunidade nas empresas

Um dos exemplos mais práticos e mais comuns atualmente é quando a empresa se desfaz de seus ativos para gerar capital próprio e os terceiriza com empresas especializadas. Além de se dedicar mais a sua atividade-fim, permite que tudo o que está envolvido nisso saia de sua responsabilidade.

Serviços de limpeza e vigilância, aluguel de impressoras e equipamentos de informática, manutenção predial são alguns exemplos que terceirização que tiveram sua escolha após uma análise do Custo de Oportunidade.

Atualmente, um dos segmentos que mais tem crescido no país, e já é comum em países desenvolvidos, é a terceirização de frotas. Condição quando os veículos de uma empresa são todos adquiridos e gerenciados por uma locadora.

A locadora tem a responsabilidade de adquirir os veículos, emplacar, licenciar, pagar IPVA e o  seguro. Além de executar essas tarefas, ela é responsável pela manutenção preventiva e gerencia as multas que ocorrerem.

 

 

Onde fica o Custo de Oportunidade na Terceirização de Frotas?

Se analisado de forma global e bem calculado, há inúmeros Custos de Oportunidades (potenciais financeiros perdidos) na relação Frota própria x Terceirização. No caso da frota própria, podemos citar a depreciação do bem, a manutenção de uma equipe específica para a área e seus encargos trabalhistas e o tempo dedicado da empresa para algo que não gera renda para ela.

De maneira rápida e simples, um dos primeiros que vêm à mente dos gestores mais inteligentes é quanto esse capital imobilizado poderia render se aplicado na própria empresa ou em outros investimentos.

Quanto nos custa deixar de ter valor dos veículos reinvestido na empresa, por exemplo, na compra de matéria por um preço de ocasião? Qual a taxa de juros que poderíamos obter aplicando? Ou ainda, quanto deixaríamos de pagar em juros num financiamento?

São inúmeras possibilidades de acordo com cada segmento. Aqui na CityCar Aluguel, nos cálculos que comprovam as vantagens de terceirizar a frota, projetamos como Custo de Oportunidade um juro mensal de retorno de 1%. É percentual muito abaixo das margens de retorno de negócios.

Mantivemos esse percentual mesmo sabendo que nenhum empresário aplica dinheiro em seu negócio e que espera o retorno de míseros 1% ao mês.

Abaixo temos a tabela comparativa dos custos de ter uma frota própria e de ter uma frota terceirizada. Pegamos como exemplo um veículo de R$ 40.000,00, num contrato de aluguel de dois anos e que roda em média 3.000 km por mês.

    Frota Própria  Terceirizada
Custo de Oportunidade 1,0% R$ 400,00 -
IPVA 3,0% R$ 100,00 -
Licenciamento R$ 150,00 R$ 12,50 -
Emplacamento R$ 500,00 R$ 20,83 -
Seguro 0,5% R$ 200,00 -
Manutenção R$ 5.760,00 R$ 240,00 -
Depreciação 1,6% R$ 640,00 -
Mensalidade Fixa - - R$ 1.330,00
CUSTO MENSAL   R$ 1.613,33 R$ 1.330,00
ECONOMIA / MÊS     R$ 283,33
Economia no período     R$ 6.799,92

 

Nesse exemplo, ao permanecer com a frota própria, você tem um Custo de Oportunidade de R$ 6.799,92. Ou seja, você deixou de economizar quase 7 mil reais por não escolher a terceirização de frota.

 

E esse é o cálculo para um único veículo. Agora, multiplique essa economia pelo número de carros que sua empresa tem... É dinheiro indo pelo ralo, não é mesmo?

 

Empresas de Lucro Real têm ainda mais benefícios

Existem condições ainda mais atrativas ainda para empresas de Lucro Real, que se creditam de PIS e COFINS. Nesse caso o valor do aluguel diminui aproximadamente 9%.

 

Resumo:
Quem escolhe uma coisa abre mão de outra. É assim na nossa vida e também na vida das empresas. O Custo de Oportunidade é uma forma prática de avaliarmos em termos financeiros duas ou mais opções de investimento. Também serve para reavaliarmos os recursos que estamos deixando de ter em mãos. No caso de ativos, como veículos, por exemplo, a terceirização se torna uma forma bem clara de se obter capital para investir em aplicações ou na própria empresa.

 

Já pensou em ter sua frota terceirizada?

A CityCar Aluguel tem mais de uma década de experiência e construiu nesses anos relações de parcerias com seus clientes. Até hoje, nenhum cliente de terceirização solicitou cancelamento, tanto que seu churn, taxa de desistência, é 0%.

É a maior locadora gaúcha. 

Além da vantagem econômica em optar por alugar a frota, o aluguel permite que os profissionais da empresa foquem na sua atividade-fim. Negócios quem têm maior foco gerando maiores e melhores resultados.


Compartilhar:

Contate-nos via Whatsapp